Evolve Fitness Concept

Os 10 erros mais cometidos durante a prática de exercício físico

Erros cometidos durante a prática de exercício físico podem levar a qualquer coisa, desde pequenos arranhões até ferimentos graves a longo prazo. Aqui estão os 10 principais erros que mais frequentemente testemunhamos durante as sessões de treino e como evitá-las.

1. Esquecer o aquecimento: Um bom aquecimento de 5 a 10 minutos ajudará efetivamente a aumentar a circulação sanguínea, aquecer os músculos, elevar a frequência cardíaca e elevar a temperatura central do seu corpo. Todos são fatores-chave na prevenção de lesões que comumente ocorrem quando se pratica exercício intenso enquanto está frio e despreparado.

2. Postura incorreta: Levantar pesos ou treinar de forma errada é uma maneira muito fácil de magoar um músculo e deixá-lo incapacitado por algum tempo. Aprenda técnicas e formas adequadas com um personal trainer certificado antes de praticar qualquer tipo de exercícios de resistência.

3. Não alongar: Alongamentos ativos (em movimento) que são semelhantes em movimento ao exercício subsequente ou a movimentos desportivos são importantes para aquecer os músculos e lubrificar as articulações. Igualmente importantes são alongamentos passivos (de contenção) a serem realizados após um treino ou durante o período de "cool down" para aliviar a tensão nos músculos.

4. Peso errado: Levantar muito pouco levará rapidamente a uma estagnação no seu condicionamento físico. Levantar muito peso pode levar à má forma, desequilíbrios musculares e muitas lesões potenciais internas e externas. Levante a quantidade correta de peso para que consiga progredir devagar e com sabedoria.

5. Adequadamente nutrido e hidratado: Consumir uma quantidade adequada de carboidratos algumas horas antes do exercício intenso é importante para que tenha energia para o seu treino. Igualmente importante é beber muita água para manter-se hidratado durante o treino. Consumir proteína e carboidratos 30 minutos após o treino para reabastecer seu corpo e ajudar a reparar o tecido muscular.

6. Negligenciar o período de "Cool-Down": Esta é a oportunidade perfeita para alongar os músculos tensos, baixar o ritmo cardíaco e arrefecer a temperatura do corpo. Alongamento passivo, como cardio leve e yoga de baixa intensidade são ótimas opções de relaxamento.

7. Não ter o descanso suficiente: As alterações físicas ocorrem no corpo durante o descanso, não enquanto se exercita. Descanse entre os treinos para o seu corpo se recuperar e voltar mais forte do que era no treino anterior.

8. Over-training: Certifique-se de que seu programa inclui variedade entre exercícios, equilíbrio entre grupos musculares e períodos de descanso suficientes entre cada série e treinos.

9. Esteja ciente do que o rodeia: É importante saber quais equipamentos de exercício estão ao seu redor, como funcionam e os riscos potenciais que os acompanham.

10. Calçado incorreto: Correr com calçado velho, gasto ou inadequado pode resultar em dores nas canelas, dor nas costas e joelhos. Não tenha medo de gastar um pouco mais num bom par de sapatos adequados ao exercício e substituí-los pelo menos uma vez a cada 6 meses.

Seja a treinar em casa, na rua ou no ginásio, esteja sempre atento a possíveis lesões relacionadas ao exercício e use as dicas acima para ajudar a preveni-las e evitar qualquer dano corporal. Contacte-nos!
Texto de Personal Trainers