Evolve Fitness Concept

PREVENÇÃO E REABILITAÇÃO DE LESÕES NO JOELHO

Muitas pessoas apresentam lesões ou sintomas de dor no joelho, o que lhes causa bastante desconforto no seu dia-a-dia e, por vezes, traz receios ao nível da prática de atividade física, o que leva ao aumento dos níveis de sedentarismo. É aqui que ajuda de um Personal Trainer pode ser fundamental. Com um acompanhamento adequado e adaptado às necessidades do cliente, será possível reduzir a dor ou até mesmo eliminá-la, devolvendo a confiança e capacidade para a prática de atividade física.

Alguns casos de dor ou lesão, estão relacionados com desequilíbrios de força entre os músculos quadricípites e isquiotibiais, será assim necessário avaliar e posteriormente desenvolver a capacidade funcional e estabilidade da articulação do joelho, e o equilíbrio muscular entre esses músculos. Um desequilíbrio de força dos isquiotibiais para os quadricípites pode ser um fator de risco que contribui para a lesão do Ligamento Cruzado Anterior, devido ao papel que os isquiotibiais desempenham na desaceleração e na estabilização da articulação do joelho em extensão (Knapik et al., 1991). Este é uma lesão comum em atividades de lazer, como por exemplo o esqui, ou até num simples encontro de futebol entre amigos. A prática de ginásio, com trabalho de força, mobilidade, flexibilidade e equilíbrio, pode ajudar a preveni-la ou até mesmo ser fundamental na recuperação após a lesão.

Outro fator importante é a relação de força muscular entre o lado dominante e não dominante, pois também estão relacionados com a estabilidade dos membros inferiores e com a prevenção de lesões (Agaard et al. 1998 cit in Kim & Jeoung, 2016). É fundamental preocupar-nos com o lado esquerdo e com o direito, trabalhando os dois tanto de forma bilateral como unilateral, e de forma concêntrica e excêntrica.

Caso tenha alguma patologia diagnosticada ou até mesmo apenas dor ou desconforto, procure um Personal Trainer, certamente irá sentir-se melhor e isso não o irá impedir de praticar atividade física.

Mafalda Botelho

Kim, C. & Jeoung, B. (2016). Assessment of isokinetic muscle function in Korea male volleyball athletes. Journal of Exercise Rehabilitation.12(5): 429-437.
Knapik, J., Bauman, C., & Jones, B. (1991). Preseason strength and flexibility imbalances associated with athletic injuries in female collegiate athletes. American Journal of Sports Medicine. 19,76-81