Evolve Fitness Concept

PORTUGUESES GASTAM MILHÕES EM MEDICAMENTOS

Segundo notícia do JN, em 11 meses de 2019, os portugueses pagaram 670 milhões de euros em medicamentos, aumentando em 18,5 milhões de euros o seu gasto. A despesa do Serviço Nacional de Saúde aumentou em 3,4% com medicamentos para 2,4 mil milhões de euros. O Infarmed tem dificuldade em contabilizar os gastos com a Diabetes. Somos um País de cerca de 10 milhões de habitantes sendo esta despesa significativa. Muitos vão dizer, acabem com o SNS e toca a fazer seguros privados. Bem, não vou por aí e as razões levariam a muitas discussões que não levariam nada ao propósito desta publicação. A minha visão humanista da vida leva-me a levantar as seguintes questões:

Existindo evidências científicas, claras e irrefutáveis, que o exercício físico bem orientado pode diminuir, em muito, a utilização de medicamentos e actos médicos, porquê que não se faz um plano real de implementação da prática de exercício físico na população?

Doenças como a Diabetes do tipo II podem ser controladas e tratadas sem a utilização de fármacos através do exercício físico (cientificamente comprovado), porquê que não utilizar esta forma de intervenção?

O exercício físico pode ser um coadjuvante dos fármacos no tratamento da maioria das doenças, porquê que não usam?

Porquê que o IVA dos espectáculos culturais é 6% e a prática desportiva ainda é de 23%?

Porquê que os hospitais ainda não incorporam unidades de exercício físico, com profissionais do exercício físico e não somente médicos e fisioterapeutas?

Porquê que se continuam a fazer apps, para monitorar a prática de exercício físico, sem orientação “in loco” de um profissional do exercício físico quando se sabe que o acompanhamento de um profissional competente é fundamental na adesão e continuidade na prática de exercício físico?

Porquê que os profissionais do exercício físico e os “players” do fitness continuam a preocupar-se somente com a “bunda na nuca” e o “abdominal tanquinho”?

Porquê que os profissionais do exercício físico só vão em modas e formações de “receitas fitness”?

Porquê?
Pensem nisto!!

Carlos Pinto