Evolve Fitness Concept

Síndrome Cruzado Superior

Síndrome Cruzado Superior
 
Esta condição é caraterizada por ter os ombros arredondados para a frente, palmas da mão dirigidas para trás, cifose dorsal acentuada (corcunda) e cabeça avançada. Se pensarmos nos trabalhos de hoje em dia, muitos levam a estas posições, como estar muito tempo sentados a trabalhar no computador, conduzir e ler por longas horas sem se mexer e, agora mais recente, o estar constantemente de cabeça baixa a olhar para o telemóvel. 
 
De igual forma que no síndrome cruzado inferior, há músculos que estão encurtados e outros alongados, nesta síndrome acontece igual criando um desequilíbrio muscular e dores de costas e pescoço. Alguns músculos mais contraídos neste caso são o grande e pequeno peitoral, trapézio superior, esternocleidomastóideo, deltóide anterior, grande dorsal, elevador da omoplata e grande redondo e os músculos que estão mais alongados e precisam de fortalecer são os rombóides, coifa dos rotadores, deltóide posterior e trapézio médio e inferior. 
 
Para além disto, com o aumento do stress na vida das pessoas, muitas ainda sentem uma pressão extra acumulada na zona dos ombros e pescoço levando a que estejam constantemente de ombros para cima e trapézios contraídos.  
Antes de iniciar o fortalecimento dos músculos mais alongados é necessário alongar todos os músculos que estão muito contraídos para "abrir o peito" novamente e facilitar a contracção dos músculos que precisam de ficar mais fortes. Exercícios como upper back, voos, trabalho de rotação externa do ombro e remada baixa ajudam a melhorar os desequilíbrios desta síndrome.
 
Experimente perguntar ao seu Personal Trainer sobre a sua postura e o que pode fazer para a melhorar, verá que depois de algum treino haverá uma mudança da sua postura e uma melhor forma de estar. 
 
Texto de Alice Relógio